mudança, o fractal do destino

Mudar é continuar, não mudar é impossível. Quem não acredita na naturalidade das mudanças não se olha no espelho e pensa que a mesma água passa mais do que uma vez por baixo da mesma ponte.

Cada momento tudo muda. Tudo renasce com a velocidade com que o tempo foi embalado com o primeiro dos impulsos. Cada mudança é a vida no seu movimento.

Mudar de pele. Mudar de opinião. Mudar de carro. Mudar de companhia. Mudar de religião. Mudar de sítio. Mudar de clube. Mudar de médico. Mudar de casa. Mudar de roupa. Mudar de aspecto. Mudar de atitude. Mudar de partido. Mudar de direcção. Mudar de posição. Mudar de ares. Mudar de disposição. Mudar de comida. Mudar de bebida. Mudar de carruagem. Mudar de sentido. Mudar de planos. Mudar de objectivos. Mudar de desejos. Mudar de caminho. Mudar de emprego. Mudar de profissão. Mudar de nacionalidade. Mudar de relógio. Mudar de tempo. Mudar de percepção. Mudar de história. Mudar de página. Mudar de gosto. Mudar de solução. Mudar de problema. Mudar de país. Mudar de hábitos. Mudar de rotina. Mudar de sonhos. Mudar de vicios. Mudar de prazer. Mudar de andar. Mudar de sexo. Mudar de coração. Mudar de namoro. Mudar de crença. Mudar de mensagem. Mudar de linha. Mudar de rua. Mudar de ordem. Mudar de propriedade. Mudar de sociedade. Mudar de ânimo. Continuar a ler

Anúncios