poesia para uma fotografia de Pedro Polónio

pedro polónio

sou um homem e pinto.
acontece-me frequentemente sair de casa
para escolher uma mulher na rua,
uma desconhecida, alguém cujo rosto seja um poema,
ou simplesmente um rosto. Continuar a ler

Anúncios